Produtos veganos para cabelos loiros


No final do ano passado resolvi fazer luzes e pesquisei bastante sobre produtos veganos para descoloração, tintura e manutenção. Não é das coisas mais fáceis de se encontrar, mas estes são os produtos que tenho usado e gostado atualmente:






1. Água oxigenada e pó descolorante da Inoar (Color System).

Os 2 não contém ingredientes de origem animal (mas a tintura contém queratina) e são bem acessíveis. O pote de água oxigenada com 80 ml custou cerca de R$4 e o pó descolorante com 300 g custou R$25. 

Composição da água oxigenada

Composição do pó descolorante


2. Olaplex - passos 1 e 2.

Para garantir que meu cabelo não ficasse detonado com a descoloração, resolvi investir nos passos 1 e 2 de Olaplex. Comprei fracionado pelo Mercado Livre por cerca de R$160, que dura mais ou menos 5 aplicações dependendo de quanto pó descolorante será usado (o valor do kit full size é bem mais caro) e levei no salão para que a cabeleireira misturasse com a ox e o pó descolorante. 

De acordo com o site e a resposta do SAC, eles não contém ingredientes de origem animal nem estão envolvidos com testes em animais. Para saber como se usa, o site do Brasil explica direitinho.

Gostei muito do resultado e a minha cabeleireira ficou impressionada como o meu cabelo ficou sedoso e não danificou após as luzes bem clarinhas. No entanto, o tempo de descoloração durou bem mais que o normal, segundo ela. 


Problemas típicos de quem tem gato carente em casa


1. Shampoo Bleach Blondes da Lee Stafford.

De acordo com a resposta do SAC da Lee Stafford, esse shampoo é vegano.

Eu já testei vários shampoos desamareladores e esse é de longe o melhor, na minha opinião. Ele deixa os fios mais branquinhos, não resseca e tem um cheiro ótimo. O preço não é muito convidativo (cerca de R$45 por 250 ml), mas eu uso 1 vez por semana.




2. Shampoo seco Light & Blonde da Batiste

O shampoo seco da Batiste para cabelos claros/loiros tem uma coloração amarelada e disfarça a raiz escura. Gosto muito de como ele segura a oleosidade até o dia seguinte. É só borrifar pequenos jatos na raiz e massagear com os dedos para espalhar.  

Tenho a raiz do cabelo super oleosa e se eu fico 2 dias sem lavar o cabelo, percebo um aspecto ensebado. Já testei o shampoo em pó da Lush e fiz um DIY com amido de milho e bicarbonato, mas não gostei do resíduo que deixa no couro cabeludo. Isso não ocorre com os shampoos da Batiste, que tem selo vegan & cruelty free. Custa cerca de R$35 por 200 ml.

Cabelo oleoso antes

Cabelo após usar shampoo seco da Batiste

Composição shampoo seco da Batiste


3. Violeta genciana da Farmax

Conforme a resposta do SAC da Farmax, a empresa não realiza testes em animais. 

A violeta genciana pode ser encontrada em farmácias por cerca de R$3 e se usa algumas gotinhas misturada em água ou creme branco hidratante para tirar o amarelado de cabelos loiros. A quantidade depende do quão acinzentado preferir mas precisa tomar cuidado para o cabelo não ficar roxo e não manchar as mãos ou as roupas. Geralmente uso 3 gotas em 1 litro de água de deixo agir por 3 minutos antes de lavar com shampoo e máscara. Como ela costuma ressecar o cabelo, também dá certo se misturar 2 gotas em 1 colher de chá de máscara e deixar agir por alguns minutos no cabelo antes de enxaguar. 

Obs: Eu fiz um furinho na tampa para deixar passar gotas ao invés de virar o portinho e acabar zuando tudo!


4. Queratina líquida da Riquezas da Terra

Essa queratina é obtida por cabelo humano e portanto é vegana. Comprei no site da Riquezas e paguei R$14,90 por 120 ml. 

A queratina é importante para reconstrução de cabelos descoloridos. A queratina vegetal geralmente é composta de proteína do trigo, milho e soja, mas nas concentrações encontradas em produtos mais baratos, nem sempre é capaz de reconstruir cabelos danificados.

Para usar é só diluir na água, máscara ou condionador neutro na concentração máxima de 2,5% (cerca de 0,75 ml de queratina para 30 ml de creme/água) e deixar agir por 10-15 minutos. O cabelo fica com um aspecto áspero no dia, mas na próxima lavagem volta ao normal. Tenho usado a cada 15 dias, mas a frequência depende do quanto o cabelo está danificado.

Obs: observe se a máscara já não possui queratina na composição e prefira uma máscara de hidratação ou nutrição, que contenha boa concentração de óleos vegetais..

8 comentários:

  1. Que legal! Obrigada pelas dicas!! Fiquei curiosa pra ver o resultado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Juliane! Vou incluir uma foto sim. :)

      Excluir
  2. Cara Eliana, obrigada pelos posts. Gostaria apenas de chamar atenção que vc está focando nos animais mas esquecendo dos quimicos. Ou seja, os produtos escolhidos tem um monte de tranqueiras quimicas, por ex. Sulfatos.Eu uso Keune So Pure, shampoo Alterna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá bikira, obrigada pela mensagem.
      Eu pretendo usar a linha So Pure da Keune assim que a minha encomenda chegar de fora do Brasil. Aqui os preços estão além do que eu posso pagar.

      Quanto às substâncias que vc citou, é preciso tomar cuidado com as alegações pseudo-científicas que permeiam a internet. Depois dê uma lida nesse artigo sobre o sulfato: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4651417/. Ele explica que não há evidências de que o sulfato é uma substância tóxica à saúde e ao meio ambiente. E desde que usado em formulações adequadas, não causa irritação na pele.
      Entendo a sua preocupação. Mas o foco do meu blog é sempre mostrar alternativas veganas, Eu evito propagar terrorismo de substâncias químicas quando não há evidências científicas que corroborem que tal substância causa toxicidade à saúde e prejuízos ambientais, como no caso do sulfato.

      Excluir
  3. Oi, Eliana! Tudo bom! Eu estou pensando em descolorir o meu cabelo e deixar ele em um tom de cinza, ou próximo disso, quase platinado mas eu não tenho a menor experiência para compras internacionais ou cartão internacional. Você aceitaria fazer encomendas em seu nome e enviar para o destinatário mediante transferência de dinheiro pra sua conta e tu podendo comprar os produtos? Se me retornar, poderia deixar um e-mail pra gente se falar melhor?

    Adoro o blog, estava com saudades! E vc ficou lindíssima com esse tom, valorizou super! 😍🌱

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada! Também estou gostando da nova cor! :D

      O problema de comprar fora do Brasil é que a encomenda pode ser taxada em pelo menos 60% e ter que retirar na agência dos Correios. Além disso, há a questão da demora na entrega (já recebi encomendas com 3 meses depois que comprei). Isso depende muito da receita federal e dos Correios. Por isso eu não queria me comprometer já que esses problemas podem ocorrer, sabe?
      De qualquer forma, todos esses produtos eu comprei em lojas nacionais. É possível platinar o cabelo com produtos veganos comprados no Brasil.
      Beijos!

      Excluir
  4. Ola, o que achou do po da inoar? estou pensando em comprar dessa marca mas vejo poucas resenhas. Obg :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, ele tem um cheiro bem forte e a qualidade não é das melhores. Mas abre bem o tom. Eu não usaria ele sem o Olaplex ou algum produto para proteger o cabelo. Depois que ele acabar pretendo investir no pó descolorante da Keune.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.