FAQ Veganismo


Respostas para as diversas perguntas sobre veganismo


  • "Leões matam zebras para comer, por que eu não posso fazer o mesmo? É a cadeia alimentar."

Os animais que matam para se alimentar não poderiam sobreviver se agissem de outra forma. Os animais também não são capazes de avaliar suas atitudes do ponto de vista da ética. Este não é o nosso caso. Nós, humanos, geralmente nos tornamos até mais saudáveis quando adotamos uma dieta vegetariana. Além disso, se nós não costumamos nos comportar como animais em diversas situações, por que deveríamos abrir uma exceção para esse caso?


  • "Comer carne é apenas seguir a lei básica da natureza - a lei do mais forte.”

Não seguimos a lei do mais forte na enorme maioria das situações. Poderia um estuprador citar tal lei para justificar o seu ato? E se uma criança estiver enchendo o saco? Vale espancar? Afinal, vc é mais forte que ela. Vc ensinaria a uma criança bater, roubar ou explorar um coleguinha mais fraco? Afinal, a lei do mais forte é a lei da natureza, não?

As pessoas que comem carne sempre se comparam aos animais para justificar os seus hábitos, mas não praticam incesto (muitos primatas praticam), não batem até matar alguém que não siga as regras do grupo (lobos fazem isso), não estupram (grandes primatas fazem isso), e por aí vai. Só nos comparamos com os animais ou citamos leis da natureza quando nos é conveniente, não é mesmo?

Além disso, seres humanos estão submetidos a um sistema ético-moral e tem condições de avaliar intelectualmente se um ato é bom ou mau.


  • “Vegetarianismo é uma opção individual de dieta. Cada um come o que quiser.”

De um ponto de vista ético, as ações que prejudicam outros não são questões de escolha pessoal. O assassinato, o estupro, o abuso de crianças e a crueldade para com os animais são atitudes imorais. Nossa sociedade incentiva hoje o hábito de comer carne e a crueldade nas unidades de criação de animais, mas a história nos ensina que esta mesma sociedade um dia encorajou a escravidão, o trabalho infantil e muitas outras práticas agora universalmente reconhecidas como imorais.


  • “E estes caninos (apontando com a boca aberta), como os vegetarianos explicam?”

Caninos são dentes que servem para furar, segurar e rasgar alimentos como maçã e castanhas, não necessariamente carne. Para deixar isso mais claro, uso como exemplo o gorila. Com uma alimentação estritamente vegetariana, a mesma utilizada por veganos, gorilas possuem caninos. Esse fato derruba a teoria de que caninos fazem parte de uma dentição adaptada para alimentação carnívora/onívora. Além disso, possuir um aparato físico não é desculpa para que seja usado. O dente siso não serve para absolutamente nada, assim como os mamilos masculinos e o apêndice.


  • “A carne foi muito importante para a evolução do cérebro humano.”

Certo, FOI importante, mas não é mais. Há milhares de anos era assim porque não sabíamos plantar e nossa dieta quase não incluía plantas proteicas. Não confunda passado com presente. Não vivemos mais no meio do mato e não dependemos mais de caça para sobreviver. Hoje é possível ter uma dieta rica em proteínas sem carne. Qualquer supermercado perto da sua casa vende produtos capazes de substituir a carne, laticínios e ovos. Além disso, vários estudos indicam o alto consumo de carne sendo perigoso para nossa saúde; contribui para o aparecimento de doenças cardíacas, câncer e uma infinidade de outras doenças.


  • "Primeiro, devemos resolver prioridades humanas, como acabar com a fome. Depois que todos estiverem alimentados e saudáveis, que se discuta melhorias nos tratamentos dos animais."

Não precisamos esperar resolver todos os problemas de fome em humanos (sabe-se lá quando isso vai se resolver) pra discutir melhorias nos tratamentos dos animais. Animais de consumo (porcos, vacas, galinhas e peixes) são seres sencientes. Tudo o que for possível para evitar a dor e sofrimento desses animais, pode e deve ser feito. Justificar que homens e animais não estão no mesmo patamar de importância não nos dá o direito de aprisioná-los, mutilá-los, torturá-los, matá-los e comê-los, ou seja,  usá-los como se fossem meros objetos, mesmo sabendo de toda a crueldade que está embutida no processo de produção de carne, leite e derivados. Podemos resolver vários problemas ao mesmo tempo, não precisamos esperar que um se resolva para podermos enfim nos preocupar com o "próximo" problema.

O melhor tratamento dos animais não precisa de investimento. O veganismo é o ato de boicotar produtos de origem animal na alimentação, vestuário etc. Essa mudança de postura não irá interferir no problema da fome no mundo. Pelo contrário, a pecuária demanda grandes áreas produtivas tanto para pastagem como para produção de ração. Essas áreas poderiam ser aproveitadas para plantio de alimentos que poderiam se destinar às pessoas que passam fome no mundo.

Se todos os seres humanos, seja qual for a sua capacidade cognitiva, têm direito em igual medida à vida e à integridade física justamente porque são capazes de desfrutar da vida e têm o interesse em não sofrer, por que é que os outros animais, que têm exatamente os mesmos interesses, não teriam estes mesmos direitos? Uma causa não anula a outra.


  • "Plantas também sentem"

Pra começo de conversa, essa afirmação não possui nenhum embasamento científico. Mas e as plantas que respondem à presença de um inseto invasor? O que isso significa? Ora, nenhum livro publicado ou artigo em revistas cientificas tem sido citado para apoiar a alegação de que “plantas sentem dor”. Responder a estímulos externos não é dor e sim, resposta mecânica. Existem dados interessantes sugerindo que as plantas reagem a ferimentos nos tecidos locais e até mesmo emitem moléculas que servem para estimular os mecanismos de defesa das plantas vizinhas. Mas isso implica que as plantas sintam dor e sofram? Onde estariam os experimentos repetidos e as citações e revisões da comunidade cientifica sobre esse fato? Não há nenhum.

Dor é uma característica evolutiva que permite que o indivíduo perceba caso seu corpo seja violado, e assim reagir à violação. É, portanto, fundamental para a sobrevivência. Sentir dor é um atributo dos seres sencientes, ou seja os animais – tanto humanos quanto não humanos. Não há razões para que plantas sintam dor se elas não podem reagir para se proteger.


  • "Carne é bom demais"

Dizer que "comer animais é gostoso" como uma justificativa para matá-los é muito semelhante a dizer que estuprar é ok porque o estuprador se sente bem ao fazê-lo. Pessoas civilizadas precisam de mais do que prazer gustativo para justificar comportamentos.


***

REFERÊNCIAS:

- Estudos de Harvard e outras universidades a respeito de doenças causadas por carnes e laticínios:
http://www.news.harvard.edu/gazette/2006/12.07/11-dairy.html
http://www.health.harvard.edu/.../Preventing_prostate...
http://www.hsph.harvard.edu/.../red-meat-consumption.../
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2715202/
http://news.usc.edu/#!/article/59199/meat-and-cheese-may-be-as-bad-for-you-as-smoking/

- Parecer do CRN (Conselho Regional de Nutrição) sobre a dieta vegana:
http://www.crn3.org.br/legislacao/doc_pareceres/parecer_vegetarianismo_final.pdf

- Artigos sobre a viabilidade da dieta vegana em todas as fases da vida:
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19562864
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15702597

- Parecer de Cambridge sobre a consciência dos animais:
http://fcmconference.org/

- Artigos que provam que plantas sofrem:
Zzzzzzzzzzzzz
Obs: O prêmio nobel está aí para quem provar!



18 comentários:

  1. Eliana, amei seu blog, estou prestes a virar vegana também, o que me falta é grana e tempo para analisar os produtos.. Pois ainda não trabalho e minha família é um pouco intolerante, mas a carne já excluí do meu paladar, hoje sinto nojo quando ouço falarem de carne, como uma sensação ruim também, de tristeza. Eu amo muito os animais também, e pretendo ser veterinária.. Quando vi seu blog e essa FAQ me deu mais vontade ainda de prosseguir a vontade de ser vegan.. Digamos que eu sou proto-vegan, ainda não virei só pelo leite ovos e derivados, um exemplo disso: o pão integral, pois é difícil achar produtos alimentícios perto de minha casa que os exclui totalmente, e como disse anteriormente, dependo de minha família também. Porém, sei que quando tiver minha "independência" salarial eu, com certeza, só comprarei produtos totalmente veganos e os quais são livre de toda essa exploração animal ridícula, e se não achar, feito os alimentos, farei eu mesma a base de receita vegana. (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jehscarol,
      Obrigada pela mensagem! Fico feliz que esteja decidida a se tornar vegana. Quando virei ovo-lacto-vegetariana, tinha 15 anos e a minha situação era bem parecida com a sua. A diferença foi que eu convenci meu pai e minha mãe a se tornarem vegetarianos também, mas no início eles eram intolerantes...
      Vc pode ir tentando mudar aos poucos, não é porque vc não pode fazer tudo, que não vai fazer nada. Por exemplo: há vários produtos que podem ser substituídos sem que nada mude. Do creme de leite de vaca para o de soja, do sabonete que tem sebo para o vegetal e assim por diante.
      Quanto ao pão, há inúmeras opções de pães veganos por aí. A maioria dos pães da Wickbold são veganos, por exemplo, inclusive os integrais. O pão da padaria pode ser vegano, é só perguntar o que vai na massa para se certificar.
      Nesse site tem um tanto de dica bacana: http://sosvivegan.blogspot.com.br/
      Beijos e boa sorte!

      Excluir
  2. Eu só queria umas referências científicas pras coisas que você fala. sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você quer referência pra qual coisa que eu falei exatamente? A maioria das coisas que eu falei aqui são argumentos lógicos. Mas se você quiser algum sobre a não necessidade da proteína animal na alimentação eu posso te mandar pelo menos uns 5. Decide aí pra qual assunto vc quer os artigos e eu terei o maior prazer de te mandar os artigos científicos. sério.

      Excluir
  3. Primeiramente, eu entendi o que você quis dizer, mas acho que você se colocou mal neste ponto:

    "As pessoas que comem carne sempre se comparam aos animais para justificar os seus hábitos, mas não praticam incesto (muitos primatas praticam), não batem até matar alguém que não siga as regras do grupo (lobos fazem isso), não estupram (grandes primatas fazem isso), e por aí vai. Só nos comparamos com os animais ou citamos leis da natureza quando nos é conveniente, não é mesmo?"


    Desculpa, mas você tem mesmo certeza quando diz que, nós, humanos não praticamos incesto, estupro, matar o amigo por que ele não age de acordo com as regras do grupo (bem, os humanos matam por motivos muito mais banais que isso) e entre outros? Estes atos são tratados e tidos como ilegais e imorais, mas acontecem no dia a dia com bastante frequência, muito mais do que possamos imaginar e muito além das estatísticas, e muitas vezes feitos por pessoas que dizem que não o fazem e levanta bandeirinha contra (conhecido como hipocrisia ou falso moralismo). Escravidão (infantil também) existe até hoje em diversos lugares do mundo, sabe quando você encontra um 'made in china' naquele produto que comprou, pois é... Você não pode afirmar que um onívoro não pratique tais atos, assim como não podemos dizer que é só porque é vegetariano não faria mal a ninguém (Hitler era vegetariano e vemos hoje o que ele fez). O humano tem o péssimo hábito de achar que não é animal, e assim como você disse, comparam-se aos mesmos somente quando é conveniente, porém, quando você diz que o humano não faz como os primatas, lobos e outros, parece que humanos são colocados num patamar acima dos animais (lembrando que os primatas são nossos primos), e não, nós não estamos acima deles, não deveríamos pensar desta forma, estamos num mesmo degrau ou até inferior a isto: matamos, estupramos, roubamos, fazemos inúmeras maldades e torturas com nós mesmos e outros seres, destruímos a cada dia que passa o meio ambiente, estamos muito além, em questão de maldade, do que aquele tigre que mata uma zebra para comer, ou do tubarão que se sente ameaçado por um humano e o ataca ( e as grandes mídias adoram fazer o humano como o coitadinho e o tubarão como um monstro quando é justamente o contrário), bem, a única coisa que o humano tem de "melhor" que os outros animais é o raciocínio e discernimento, porém, infelizmente, não usada pela maioria que não se preocupa em pensar, apenas em seguir o que a mídia nos diz. Bem, espero que não pense mal de mim, veja apenas como uma critica construtiva. Ou eu que interpretei tudo muito mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu digo que as pessoas se comparam com os animais só quando é conveniente, me refiro às pessoas normais, não psicopatas ou sádicos. Um estuprador ou um assassino jamais teria que se justificar porque come carne. Eles não estão nem aí pra nada, torturar pessoas e animais não é problema para esse tipo de gente. Então pra que eles vão se dar ao trabalho de justificar o consumo de carne se comparando com os outros animais, se pra eles pouco importa? Alguns deles podem até fingir sentir empatia pelas outras pessoas, mas eles nunca serão veganos. Veganismo é empatia e respeito com seres sencientes. Se alguém não é capaz de sentir empatia pelo semelhante, nunca será vegano.

      Obs: nem todo produto "made in China" significa que foi fruto de trabalho escravo. Por mais que as leis trabalhistas lá sejam pífias, há empresas sérias que não empregam pessoas para trabalhar em regime escravo.

      Quanto a Hitler ser vegetariano:

      1) Onde foi que vocÊ leu? Acredito que vc tenha ouvido isso de alguém, muito provavelmente de um anti-vegetariano. Precisamos pesquisar bem nossas fontes. É muito comum sermos enganados com coisas que lemos ou ouvimos sobre o vegetarianismo.

      2) Se Hitler amasse mesmo os animais, por que é que não tem nada sobre isso no livro dele "Mein Kampf" ou em nenhum de seus discursos? Se eu escrevesse um livro, os tópicos sobre vegetarianismo ou o meu amor pelos animais estariam lá, no primeiro capítulo em negrito, com fotos e tudo mais. Curiosamente não há nenhum relato sério e verídico em que ele afirmasse que ama os animais.

      3) Há vários relatos em biografias que Hitler tinha problemas intestinais (flatulência etc) e seu médico recomendou dietas vegetarianas como prevenção. Os mesmos relatos afirmam que ele sempre escapava e comia salsicha e presunto.

      4) Quem provavelmente começou com esse mito de que Hitler era vegetariano, foi o seu acessor de marketing, o Goebbels, que afirmou que Hilter era tão bom que não faria mal nem aos animais, sendo um vegetariano que nem Gandhi. Tá na cara que é conversa pra boi dormir, assim como todas as outras jogadas de propaganda enganosa dele que a gente já conhece. Acreditar no que o Hitler e seus acessores falam é suicídio.

      5) Hilter era um PSICOPATA! Lide com isso! Psicopatas não sentem emoção, não amam nenhum ser (só a si próprio). Se ele tinha cachorros e gostava deles, muito provavelmente ele os tinha para proteção pessoal e/ou para dominá-los. Era por isso que ele gostava de seus cachorros. Há também relatos em biografias de que ele já testou veneno no próprio cachorro, que morreu. Belo amante dos animais, hein? Se ele gostava de cachorros, ele não era amante dos animais. Era amante dos SEUS cachorros. Coisa que qualquer madame socialite tbm é com seus Bichon Frisé, diga-se.

      6) Não vamos esquecer que judeus e gays são animais humanos, mas não deixam de ser animais. Eu desconheço amante dos animais capaz de fazer um milésimo do que Hilter fez. Se como amantes dos animais (não só os que latem e miam) somos contra injustiças às minorias indefesas. Os gays, assim como os animais, devem estar incluídos nessa lista de proteção moral.

      Excluir
    2. "Você não pode afirmar que um onívoro não pratique tais atos, assim como não podemos dizer que é só porque é vegetariano não faria mal a ninguém"

      Eu queria muito encontrar algum estuprador vegano. Sou capaz de apostar dinheiro.

      Excluir
  4. Parabéns Eliana, pelo seu blog. Dá prá notar que vc domina o inglês, para ter conhecimentos, que não estão limitados às nossas fronteiras.

    Quanto às plantas sentirem dor ou não, vale lembrar que são imóveis e a única maneira de se espalharem, é através de sementes, que são ingeridas e digeridas por animais, que defecam longe daonde comeram e fazem a planta se espalhar e desenvolver por quilômetros ou até mais.

    Não é coincidência que fezes servem de adubo para plantas.

    As frutas contém sementes, que caem quando maduras, cheirosas, de cores vibrantes e saborosas, para serem comidas.

    Essas reações negativas das pessoas ao veganismo é natural, porque é com desconforto que se cria mudanças. Pessoas que comem carnes se sentem incomodadas com o veganismo (com forte ética moral) e reagem, atacando de toda forma que puderem, todos os argumentos em prol do veganismo.

    Se você é um desses que se sente incomodado(a) com o veganismo, então tudo bem, pois essa é a primeira etapa de transformação, é sinal de conflitos interiores, que devem ser resolvidos com sinceridade, vontade de aprender e se aprimorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada!

      Esse é um argumento que eu nunca tinha pensado antes. Para as plantas se espalharem, é preciso que as pessoas e animais se alimentem delas.
      Concordo também com o que vc falou sobre a oposição de certas pessoas ao veganismo. As pessoas inventam inúmeras desculpas esfarrapadas para não mudarem seus hábitos. E quando percebem que os argumentos defendidos por eles não é tão bom que se sustente, costumam atacar os veganos.

      Excluir
  5. As plantas querem ser comidas, elas dependem disso para sobreviver e se espalharem. Plantas não são ambulantes, não têm pernas, não se locomovem, portanto, precisam ser ingeridas e digeridas por animais, que defecam as sementes longe daonde comeram, e faz a planta se espalhar e desenvolver por quilômetros de distância.

    Não é coincidência que esterco (fezes) serve de adubo para plantas.

    A fruta é simplesmente um atrativo saboroso, colorido e delicioso para os animais, mas o principal propósito da fruta, é ser comida, para que a semente dentro dela seja expelida, longe da árvore daonde se originou. E assim, a planta se multiplica e conquista territórios novos.

    Explicação da disseminação das plantas: http://espacociencias6ano.blogspot.ca/2012/05/importancia-da-dispersao-das-sementes.html

    ResponderExcluir
  6. As plantas querem ser comidas, elas dependem disso para sobreviver e se espalharem. Plantas não são ambulantes, não têm pernas, não se locomovem, portanto, precisam ser ingeridas e digeridas por animais, que defecam as sementes longe daonde comeram, e faz a planta se espalhar e desenvolver por quilômetros de distância.

    Não é coincidência que esterco (fezes) serve de adubo para plantas.

    A fruta é simplesmente um atrativo saboroso, colorido e delicioso para os animais, mas o principal propósito da fruta, é ser comida, para que a semente dentro dela seja expelida, longe da árvore daonde se originou. E assim, a planta se multiplica e conquista territórios novos.

    Explicação da disseminação das plantas: http://espacociencias6ano.blogspot.ca/2012/05/importancia-da-dispersao-das-sementes.html

    ResponderExcluir
  7. Acho engraçado que eles citem o fato de sermos racionais para justificar o fato de termos poderes sob os animais mas não usem esse mesmo argumento de que somos racionais quando dizem que animais matam uns aos outros. Nao eramos superiores? Ah, lembrei.
    Eles so citam esse fato quando os convem... Francamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre assim. Citam também que é a lei da natureza, mas só seguem quando convém. Dizem que o ser humano evoluiu e está no topo da cadeia alimentar, mas na hora que aparece um tigre, não tem pra ninguém... ah é tanta falácia que se eu for escrever tudo a barra de rolar da página some! rs

      Excluir
  8. Oi, estou refletindo ainda sobre o veganismo e ainda esbarro em uma barreira. Ok, entendi que a planta quer ser comida pra espalhar as sementes, o que não é o caso da maioria de nós que usa vaso sanitário.

    Mas como definimos o que pode e não comer? o conceito da consciência? da dor? Por exemplo é mais feio comer uma zebra pq ela é mais consciente que um peixe? ou mais feio comer uma zebra e peixe pq ambos sentem dor? Como ficariam os insetos? seres pouco conscientes? Pq o conceito da dor penso que podem surgir algumentos como pegar um animal selvagem por exemplo com um tiro na cabeça.

    Enfim, como carne, mas admiro o veganismo e um dia pretendo virar. Mas essa area ainda é nebulosa para mim.

    Obrigado :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo,

      Ao invés de te responder mastigado, vou te convidar a pensar e refletir sobre a sua pergunta.

      Por qual motivo você não mata ou machuca pessoas na rua? É porque as pessoas tem consciência e capacidade de sofrer?

      O que é mais feio, machucar e matar um mendigo ou machucar e matar um cientista ganhador de prêmio nobel? E como ficariam os bebês e idosos esclerosados, que são pouco conscientes?

      Você poderia me explicar por que não é certo sair matando pessoas inocentes na rua com injeção letal ou um tiro na cabeça (como você próprio sugeriu), sem causar nenhum sofrimento a elas? Por que não defender que pedófilos estuprem crianças inconscientes? Você dá um tratamento vip a elas, coloca uma droga na bebida, elas apagam, o pedófilo estupra e no dia seguinte elas não lembram de nada. Qual o problema? Nenhuma delas irá sentir dor.

      Por favor me responda essas perguntas e aí discutiremos a sua resposta.

      Excluir
  9. a ultima resposta comparando com o estuprador foi a melhor SHUAHSUAHSUA tem umas respostas bem sarcásticas

    ResponderExcluir
  10. O que vc pensa sobre os medicamentos? O pai do meu cunhado é médico e sempre ataca o meu posicionamento e decisão de realizar uma transição ao veganismo (na alimentação já sou e na parte de roupas), falto conseguir identificar itens q n sao veganos dos demais setores como produtos de beleza, limpeza da casa, etc. Ele defende justamente que a medicina evolui e segue evoluindo e salvando vidas por testar em animais ou utilizar elementos animais. VAcinas, medicamentos de coração etc. Uma infinidade. Diz que eu sou hipócrita por dizer que não quero utilizar produtos derivados de animais e/ou testados em animais, mas caso esteja doente vou correr para tomar um produto que possa salvar minha vida.

    Minha resposta imediata foi que qualquer pessoa ou animal que veja sua vida em risco vai tomar atitudes drásticas, extremas e talvez contra a ética e moral. Por exemplo as pessoa que foram vitimas de uma avalanche e trás dias e dias sem comida se viram obrigadas a consumir o próprio xixi e até a carne de outros seres humanos que faleceram. Talvez algumas até cometeram assassinato em busca da sobrevivência.

    Mas então vc é a favor do teste em animais para a evolução da medicina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rafa!

      Falei bastante já sobre medicamentos aqui: http://belezavegan.blogspot.com.br/search?q=medicamentos

      aqui: https://www.facebook.com/BelezaVegana/posts/989257351168760 e
      https://www.facebook.com/BelezaVegana/posts/989058221188673

      Excluir