Mostrando postagens com marcador Leave in. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Leave in. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Resposta do SAC | KANECHOM

Estão vendo como as empresas se adaptam ao perfil do cliente e suas solicitações? Fonte: Facebook
A Kanechom é uma empresa de cosméticos bastante acessível daqui de Belo Horizonte e lançou há poucos meses uma linha "Low Poo", a qual é isenta de silicones insolúveis, petrolatos e sulfato. O grande diferencial da empresa é praticar preços baixos, como shampoos de 350 ml a R$7 e máscaras de 1 kg a R$8.

É importante lembrar que a Kanechom NÃO é uma empresa vegana, ou seja, vários de seus produtos contém ingredientes de origem animal, como leite de cabra, ceramidas, queratina, colágeno, elastina etc. 

A minha pergunta foi especificamente sobre a linha low poo/nutritivo: 

"Gostaria de saber se os produtos da linha low poo da KANECHOM possuem ingredientes de origem animal. A glicerina usada é de origem animal ou vegetal?" 

Essa primeira resposta contemplou apenas a linha LOW POO / NUTRITIVO:

Composição do shampoo: Aqua (Water), Disodium Laureth Sulfosuccinate, Sodium Cocoamphoacetate, Lauryl Glucoside, PEG-150 Distearate, Cocamide DEA, Parfum, Citric Acid, Glycerin, Helianthus Annuus Seed Oil, Cocos Nucifera Oil, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone, Linum Usitatissimum Seed Oil, Camellia Sinensis Leaf Extract, Argania Spinosa Kernel Oil, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Olea Europaea Fruit Oil, Persea Gratissima Oil, Mentha Piperita Leaf Extract, Potassium Sorbate, Sodium Benzoate, Rosmarinus Officinalis Leaf Extract. 

Composição da máscara: Aqua (Water), Cetearyl Alcohol, Cetrimonium Chloride, Cetyl Alcohol, Parfum, Ceteareth-20, Dicocoylethyl Hydroxyethylmonium Methosulfate, Propylene Glycol, Citric Acid, Disodium EDTA, Glycerin, Helianthus Annuus Seed Oil, Cocos Nucifera Oil, Linum Usitatissimum Seed Oil, Me thylch lor o iso t h iazol inone /Methylisothiazolinone, Camellia Sinensis Leaf Extract, Argania Spinosa Kernel Oil, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Olea Europaea Fruit Oil, Persea Gratissima Oil, Mentha Piperita Leaf Extract, Potassium Sorbate, Sodium Benzoate, Rosmarinus Officinalis Leaf Extract. 

Perguntei em outra oportunidade sobre os testes e as outras linhas e essa foi a resposta:

Quando questionei sobre o uso de colágeno e elastina nessas linhas, a resposta foi a seguinte:


Como ficou claro pela resposta, a linha Nutritivo/Low Poo lançada recentemente é vegana. Os lotes dos produtos antigos das linhas: Hidratação Completa, Cachos Disciplinados, Fortificante, Kids e Revitalizador ainda contém ingredientes de origem animal. Os novos produtos dessas linhas, segundo o SAC da empresa não contém. Por isso, antes de comprar, verifique o rótulo. Caso encontre na composição: "Hydrolized Collagen", "Hydrolized Keratin" ou "Hydrolized Elastin", o produto não é vegano.

Para saber onde encontrar na sua cidade, veja esse link.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Resenha | Serum capilar - Riquezas da Terra



A Riquezas da Terra é uma pequena indústria de cosméticos orgânicos e naturais localizada no sul de Minas (Carrancas, cidade cheia de cachoeiras!). A maioria dos produtos são livres de ingredientes de origem animal (deixa claro no rótulo a menção de vegan) e as sócias se mostraram super abertas a eliminar os ingredientes de origem animal de alguns produtos, como o leite e o mel, já que pode-se obter aminoácidos de origem sintética e proteínas vegetais tão eficazes quanto.

Uma das preocupações da empresa é tentar utilizar ingredientes mais naturais e que minimizam o impacto no meio ambiente. Por exemplo, nos shampoos é utilizado um tensoativo suave derivado da cana-de-açúcar orgânica, importado pela Rhodia e aprovado pela ECOCERT. Ele é capaz de agir como o sulfato para a limpeza do cabelo, mas sem os aspectos negativos que ele acarreta. Por enquanto os produtos não possuem um selo de certificação orgânica, mas existe a preocupação de obtê-lo no futuro. 

Estou usando o sérum de Murumuru, Cupuaçu, Coco e Pracaxi da linha Nature Amazon, que é uma das linhas veganas da empresa. Este sérum composto por óleos orgânicos da Amazônia é indicado para eliminar o frizz e hidratar o cabelo, além de oferecer proteção solar e térmica devido à presença dos óleos - ele não possui silicones, sulfatos ou petrolatos, sendo portanto também indicado para adeptos do no/low poo.



Apesar de ser rico em óleos vegetais, este sérum não pesou nem deixou oleoso. Na verdade ele deixou meu cabelo bastante maleável, muito macio e brilhoso. Tem cheiro muito suave.

Eu uso 1 pump e meio no comprimento e pontas do cabelo úmido. Acredito que quem possui cabelo muito ressecado, pode usar maior quantidade sem preocupar em deixar o cabelo pesado.



Um dos ativos principais é o pantenol (pró vitamina B5), o qual é conhecido por conferir ação hidratante e umectante sem apresentar aspecto oleoso. A propriedade de absorver água do pantenol acarreta em maciez e maleabilidade aos fios. Meu cabelo ama pantenol, mas nem todo pantenol é de origem vegetal. Além disso, o famoso bepantol (que contém pantenol) pertence à Bayer, que testa em animais.

Muito legal que os ingredientes vem indicados com a origem

Composição: Aqua (Água); Ceatryl Alcool (espessante derivado do óleo de coco); Metasulfato Berreniltrimônio (agente condicionante suave derivado do óleo de Canola C22); Acid Lactate (corretor de pH derivado da fermentação da cana de açúcar); Pantenol (Pró Vitamina D); Tocopherol (Vitamina E); Orbignya oleifera orgânico (óleo de coco babaçu orgânico); Astrocaryum Murumuru Seed Butter (Óleo Murumuru orgânico); Theobroma Grandflorum (óleo cupuaçu orgânico); Pentaclethera macroloba seed (Óleo pracaxi orgânico); Sodium Benzoate Potassium Sorbate; Benzyl Alcohol (conservantes autorizados pela ECOCERT).

Obs: segundo a sócia Andréa: "Como somos uma indústria, temos como rastrear todo o processo produtivo, desde a escolha dos fornecedores até o produto final." 



Recebi também o shampoo e o condicionador da mesma linha para cabelos oleosos e ultimamente eu tenho gostado MUITO do aspecto do meu cabelo.


Quem se interessou, a loja virtual é a http://www.lojariquezasdaterra.com.br/

O preço do sérum é R$26. Na página de Facebook sempre são anunciadas promoções de até 30%  https://www.facebook.com/riquezasdaterra

quarta-feira, 19 de março de 2014

Lista de cremes de pentear e leave in veganos

Antes de citar os produtos veganos, vou mostrar as diferenças entre creme de pentear e leave in, já que pode haver certa confusão sobre a finalidade de cada produto. E não é para menos, as diferenças são muito sutis e as marcas não deixam claro no rótulo.

O leave in é um produto que contém na composição ingredientes que não só condicionam os fios, como tratam e protegem. Podem conter proteção solar, térmica (contra secador e chapinha) e componentes defrizantes. Geralmente possuem óleos e extratos vegetais, pantenol, aminoácidos, colágeno, silicones etc. Ou seja, é um produto rico em ingredientes que ajudam o cabelo aguentar até a próxima lavagem. Além disso, são mais leves que os cremes de pentear, não pesam tanto quanto eles.

creme de pentear, como o nome diz, deixa o cabelo mais macio, condicionado e maleável. No caso de produtos específicos para cabelos cacheados, eles definem cachos e ajudam a pesar, melhorando o aspecto do volume e do frizz. Em cabelos lisos e oleosos, podem acabar ensebando. Podem conter ingredientes hidratantes e proteção solar ou térmica.

Eu postei uma receita de anti-frizz caseiro aqui, que é basicamente misturar água e óleo vegetal (como jojoba, abacate, argan, pracaxi etc). Você pode misturar água com o leave in ou creme de pentear se quiser um aspecto mais suave.

Outra dica é usar um condicionador natural/orgânico levinho (sem óleo mineral, parafina etc) como leave in. Alguns produtos gringos tem essa proposta de ser um "leave in conditioner". O legal é que você tem as 2 opções em um só produto.

Leave in veganos:




1- Tânagra linha Health Hair óleo de macadâmia
2- Bio Extratus linha Pós Progressiva
3- Phytoervas Super Restauração SOS 
4- Est linha Cabreúva
5- Flores e Vegetais Ativador de cachos
6- Macadamia Nourishing Leave in-Cream
7- Zerran Leave in Condicionador Sérum linha RealLisse (falei dele aqui)
8- Desert Essence hair defrizzer & heat protector (comentei sobre ele aqui)
9- Lee Stafford Poker Straigh Shine Serum
10- Giovanni Leave-in & Styling Elixir
11- Cativa Natureza Condicionador Pracaxi e Andiroba (funciona como leave in)
12- Sal da Terra Creme de Pentear (funciona como leave in)
13- Surya Leave in Fixação da cor (resenha aqui)
14- Cativa Natureza Condicionador Maria da Selva (funciona como leave in)
15- Alterna Bamboo Silk-Sleek Brilliance Cream


Cremes de pentear veganos:




1- Multivegetal Creme de argan
2- Surya Creme para pentear com óleos orgânicos
3- Yamá Yamasterol
4- Phytoervas Creme para pentear
5- Vizcaya creme de pentear linha Botanique
6- Lunablu Creme de pentear suave
7- Deva Curl B'Leave in
8- Amend Eco Therapy 
9- Payot Creme de pentear com Aloe Vera NÃO É MAIS CRUELTY FREE
10- Belofio linha Natureza 
11- Yabae Creme de pentear babosa e cupuaçu
12- Tânagra Leite de Pentear linha Health Hair


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Compras na Vitacost: B12, defrizante, hidratante e óleo da Desert Essence


Vitacost é uma loja virtual muito similar ao iHerb, onde é possível encontrar muitos produtos veganos, naturais e baratos. Achei muito interessante que os produtos com certificado de cruelty free Leaping Bunny levam o selo na página do produto. Eu quis comprar lá devido ao desconto de $10 oferecido na primeira compra, assim como no iHerb. Comprei no final de novembro e chegou no início de janeiro, sem taxas, totalizando 50 dias aproximadamente. Caso queira comprar lá, nesse link é possível liberar o desconto de $10 em compras acima de $30.


1. Suplemento de B12 da Deva com 90 comprimidos - $8.39

Apesar de ainda não haver um consenso entre qual a melhor forma de vitamina B12 (cianocobalamina ou metilcobalamina), eu prefiro intercalar as 2. Alguns dizem que a metilcobalamina é a forma menos estável, outros dizem que, por outro lado, é de mais fácil absorção pelo organismo. Geralmente os alimentos suplementados levam a forma cianocobalamina, que é sintética e mais barata. Para saber mais sobre a B12, recomendo muito esse link.

Eu só não queria que tivesse ácido fólico! Meus exames de sangue sempre mostram que tenho ácido fólico em excesso. O ácido fólico é facilmente encontrado em verduras escuras e farinhas suplementadas.



2. Hidratantes - Coconut e Tropical Coconut da Desert Essence - $4.99


Ambos tem cheirinho de coco, mas o Tropical Coconut tem cheiro de coco com outra fragrância docinha frutal que eu não consigo identificar e lembrou muito o hidratante Sapien Women da Surya. Se você não adorar o cheiro de coco, melhor passar longe desses 2. O Coconut parece muito com cheiro de Pina Colada e protetor solar de coco, mas eu não ligo! Fiquei com vontade de experimentar o Coconut Lime da marca.

São de rápida absorção na pele e eu não achei o cheiro muito forte após algum tempo de aplicação. Também achei que hidratam direitinho.

A composição é fantástica e a Desert Essence possui certificado de Cruelty free.



3. Defrizante e protetor térmico Coconut da Desert Essence - $6.19

É complicado resenhar um protetor térmico, já que os efeitos do calor do secador, chapinha ou babyliss, só são percebidos meses depois. O diferencial desse produto é que ele não contém silicone e o que age como proteção térmica é o Pantenol, ou vitamina B5. Além disso há outros ingredientes bacanas como o óleo de coco, aloe vera, óleo de jojoba e o poliquartenium.

Como defrizante eu achei que faz o trabalho direitinho e deixa o cabelo macio e comportado. Notei que ele deixou o cabelo mais liso. Mas vou ser sincera, só comprei ele por causa do cheiro de coco! O cheiro fica no cabelo durante umas 4 horas, mas depois só sinto se bater um vento. Pessoalmente eu amei a fragrância, mas é provável que muitos não gostem.




4. Óleo de Jojoba Orgânico da Desert Essence - $8.85


Também conhecido como "ouro líquido". Eu escolhi a versão orgânica e possui um cheiro de defumado. Já li que é quando o óleo não foi desodorizado e é normal apresentar esse cheiro. Tenho um outro óleo de jojoba que possui um cheiro de bacon também! Não é agradável, mas como os resultados na pele são excelentes, dá pra suportar! Falei mais sobre os benefícios do óleo de jojoba aqui.


5. Base compacta Honeybee Gardens na cor Malibu - $7.49

Já fiz uma resenha das bases da Honeybee Gardens nesse post. Como elas são bem clarinhas e já estavam no finzinho, senti necessidade de comprar uma mais escura para dar uma corzinha de saúde no verão. Essa base na cor Malibu fica ótima em cima do corretivo da NYX na cor Beige 4.



Comparação com as outras cores (Supernatural, Luminous e Malibu):


---
Observação:

Eu adoraria prestigiar e comprar de empresas brasileiras, mas os motivos pelos quais eu ainda compro fora, mesmo aguentando demoras no prazo de entrega e possíveis taxas, são estes:

1. Preço de produtos naturais, veganos e orgânicos lá fora é MUITO mais baixo.

2. Produtos voltados para veganos são solenemente ignorados no Brasil. Posso contar na mão as empresas brasileiras que deixam claro no rótulo quando um produto é vegano. Aqui os veganos adquirem o método de leitura dinâmica porque ainda temos que ler o rótulo dos produtos e contar com a boa vontade e honestidade dos SACs das empresas.


<3


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Receita DIY: Spray anti-frizz vegano


Essa época de chuva é terrível para deixar o cabelo à la Capitão Caverna style! Os óleos vegetais podem tirar o frizz de certos cabelos, mas comigo qualquer gotinha de óleo usada nas pontas deixa o cabelo todo ensebado, parecendo que eu fritei batata o dia inteiro, mesmo tendo o cabelo ressecado na metade para baixo.

A forma que eu encontrei para diminuir o frizz de maneira totalmente natural, sem silicone e sem engordurar foi usar óleo vegetal puro diluído no cabelo. Segue a receita:

- 8 partes de água filtrada (ou a proporção que funcionar melhor para o seu tipo de cabelo)
- 1 parte de óleo puro (ex.: argan, jojoba, abacate, pracaxi, azeite, linhaça etc)
- gotinhas de óleo essencial de lavanda ou perfume para neutralizar o cheiro de óleo.
- 1 garrafinha com tampa de spray (se for de cor âmbar, melhor)

Agitar bem sempre antes de usar. Manter fora da luz solar.
Dou umas borrifadas no cabelo inteiro (seco ou molhado) antes de sair de casa ou sempre que achar necessário. O cabelo fica mais macio e brilhoso, as pontas ficam seladas e o frizz diminui muito!


Na minha mistura eu usei óleo de pracaxi e argan da Cativa (que infelizmente não funcionou como finalizador pra mim, tanto pelo cheiro que é uó, quanto por deixar oleoso demais), óleo de abacate da Força da Terra e gotinhas de óleo essencial de lavanda.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Leave-in Color Fixation - Surya


A resenha que irei fazer é de um produto que eu não costumava usar muito, achava que meu cabelo sempre ficava pesado, oleoso e opaco quando usava. Acabei comprando para ajudar na fixação da cor, já que tenho usado tintura no cabelo, e hoje estou amando(!) o creme para pentear Fixação da Cor da Surya.

Na verdade eu comprei quando estava em São Paulo me sentindo o Capitão Caverna por causa do tempo úmido e não tinha nenhum defrizante em mãos. Imaginei que além da função de proteger a cor (por possuir Buriti), ainda manteria os fios assentados. Não consegui formar uma opinião sobre o poder defrizante em tempo úmido, já que usei 1 vez na chuva e todos os outros em tempo seco, mas notei uma proteção na cor da tintura, achei que demorou mais para desbotar. 

É difícil encontrar um leave-in sem silicones que não pese em cabelos finos e lisos. A tendência é de sempre deixar o cabelo pesado e um pouco oleoso. No entanto, não foi o que eu notei com esse da Surya. Meu cabelo ficou macio, hidratado, maleável e brilhante. Notei que ele também dá uma diminuída no volume. Enfim, é fácil acreditar que ele irá condicionar e manter os fios hidratados durante o dia e até como tratamento noturno (pré shampoo).

Quando uso chapinha/baby liss eu passo o leave-in da Alterna (linha Hemp) que contém silicone como proteção térmica e não pesa na raiz, já que eu não tenho certeza se o creme de pentear da Surya protege contra o calor. O reparador de pontas da Surya também é bom e pode ser um protetor térmico de pontas.

Segundo as informações da marca, o leave-in desembaraça, hidrata e protege os cabelos tingidos, proporcionando brilho intenso, maciez e redução de volume. Protege e mantém a cor por mais tempo, resgatando a naturalidade dos fios. Contem Buriti, um filtro solar natural e Cupuaçu que nutre e hidrata. A proteína do arroz restaura a estrutura do fio. Contém óleos essenciais de Rosas, Ylang, Jasmim e Sândalo e 15 Extratos de Ervas da Índia e da Amazônia.

Percebi que a formulação modificou recentemente. Retiraram os silicones, o BHT etc. Mas de qualquer forma, vem um tanto de ingrediente bacana, como manteiga de Buriti, Cupuaçu, proteína do arroz, aloe vera, camomila, óleos essenciais etc, que pelo preço que eu paguei (R$10 por 300 ml), vale MUITO a pena.

Uso a quantidade de uma castanha no cabelo úmido, depois de usar shampoo e condicionador e deixo secar naturalmente. No dia seguinte passo um óleo nas pontinhas pra disfarçar o frizz. Se quiser pode ser usado como condicionador também.

O cheiro é típico dos produtos da linha fixação da cor da Surya. Não é "uau, que delícia", mas também não é desagradável. É um cheiro de mistura de ervas, bem natureba! Sai depois que o cabelo seca.

Composição:


A Surya é cruelty free e 100% vegana!

<3

Resultado abaixo para ter ideia da quantidade de frizz. Usei somente o creme de pentear da Surya para finalizar, lembrando que o coitado já passou por trocentas químicas (descolorações e tinturas):

Pra que Tresemmé, Seda, L'oreal e outras tranqueiras que testam em animais, gente?

É encontrada facilmente em farmácias, perfumarias e por televenda.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Óleo de Argan da Bioderm


Há algumas semanas eu fui na Lojas Rede trocar uns trecos que meu namorado comprou errado e me deparei com esse óleo de argan puro sem silicone. Lembrei que meu antigo vidro de óleo de argan tinha se espatifado no chão por eu ser tão estabanada - já perdi as contas de quantas sombras minerais eu já perdi deixando cair no chão... A embalagem desse é de plástico e tem válvula de spray. Achei ótimo.

Pra começar, ele não é um óleo puro, como informado no rótulo ("100% Finest Pure Oil"). A composição vai além do óleo em si:


O preço é uns 29 reais e vem 60 ml, o que não é tão barato por não ser totalmente puro. No entanto, se fosse comprar pela internet iria ter que pagar o frete (uns R$13). Achei que compensaria.

O perfume é meio amadeirado, tendendo a perfume masculino. É claro que eu tive que adicionar umas gotinhas de óleo essencial pra disfarçar um pouco o cheiro. Apesar de não ser ruim, ele fixa no cabelo.

Estou usando da seguinte forma: a cada 4 dias, durmo com bastante óleo no cabelo seco (aperto a válvula 4-5 vezes e distribuo de maneira uniforme, concentrando na metade de baixo. Ao acordar, lavo normalmente, uso um leave in protetor térmico orgânico da Alterna e depois finalizo com 1-2 "sprays" nas pontas - tenho o cabelo cheio, comprido e com química.

Faço o mesmo com o óleo de coco e outros óleos vegetais, e, sinceramente, não notei graaaandes diferenças desses óleos com o argan.

Acredito que ele mantém a hidratação do cabelo por mais tempo e não pesa. Estou tentando lavar dia sim, dia não, para evitar que a tinta desbote rápido e no segundo dia percebo que o cabelo não perde o efeito de hidratação nas pontas. Além disso, notei mais brilho e pontas unidas (menos frizz).

É  claro que a presença de silicone faria com que o cabelo ficasse muito mais sedoso e macio ao toque, sem falar que melhoraria o frizz. Mas então por que preferir um óleo sem silicone?

O silicone insolúvel em água tende a grudar nos fios e acumular com o tempo, fazendo com que fiquem mais pesados e opacos. Na verdade, o silicone não trata, apenas mascara os resultados. O uso de shampoos com sulfato tem poder de retirar esses resíduos. O fato é que eu não uso shampoo nas pontas e mesmo que usasse, tenho usado alguns shampoos sem sulfato ultimamente. E é impressionante como grande parte dos produtos que possuo contém silicones! Estou tentando comprar mais produtos sem silicones e óleo mineral (parafina).

A grande vantagem dos óleos vegetais puros é a função multiuso: pode ser leave in, finalizador depois do secador, potencializador de máscaras de tratamento (misturando algumas gotas antes de aplicar) e tratamento pré-shampoo para hidratar bem (usado com o cabelo ainda seco, antes de lavar).

Quem tiver oportunidade de comprar pela internet, há vários sites que vendem o óleo de argan puro, sem nenhum aditivo. A única vantagem desse da Bioderm é que pode ser comprado em lojas físicas. Além disso, há diversos outros óleos que produzem o mesmo resultado, ou bem parecido, como o óleo de macadâmia, pracaxi, linhaça, semente de uva etc. Cada um deve experimentar e ver com qual óleo o cabelo se dá melhor.

Lojas:

Sabão e Glicerina | Laszlo | Lojas Rede |

sexta-feira, 8 de março de 2013

Óleo de Argan da Belofio



Resolvi testar o óleo de argan da Belofio porque meu cabelo chegou num limite de judiação inaceitável devido à combinação tensa de descoloração, secador e água do mar + cloro. Ultimamente tenho ficado com preguiça de fazer uma hidratação mais potente e queria algo mais prático pra disfarçar os maus tratos. Nunca tinha usado óleo de argan antes por ter a raiz do cabelo oleosa e achar que iria pesar o cabelo, apesar de ter lido várias resenhas positivas dizendo que poderia ser usado em cabelos oleosos também. 

A Belofio possui a linha Natureza, que é 100% vegana, composta de shampoos, condicionadores, máscaras, creme de pentear e esse óleo de argan. Acho muito digna de respeito uma empresa brasileira que coloca no rótulo que o produto é 100% vegano. Merece meu incentivo ($$). 

A proposta do produto é reparar e nutrir os fios quimicamente tratados. Realinha a cutícula, elimina as pontas duplas e devolve a umidade perdida dos cabelos. Age como protetor térmico. Custa em torno de R$15,00. No site dá pra encontrar os pontos de venda através da aba "Onde Comprar". É claro que BH não estava nessa lista. Tive que comprar online.

Minhas impressões: o óleo é bem leve e não pesou nem um pouco no meu cabelo. O cheiro é ok, não me incomoda, mas também não é aquela coisa maravilhosa. Uso 2-3 gotinhas somente na metade do cabelo para baixo e não ficou NEM UM POUCO oleoso como eu achava que poderia ficar. Noto um brilho maravilhoso instantâneo na hora que eu passo. Agiu muito bem como um reparador de pontas e o cabelo fica super sedoso e macio. Super diminuiu o frizz, principalmente na área que eu amarro o cabelo e fica uns fios quebrados por conta da gominha. Estava usando o serum reparador da Surya, mas acho que esse é melhor. Quanto à hidratação e reparação, ainda não notei grandes diferenças. Depois de alguns meses usando a linha de reparação da marca é que devo chegar a uma conclusão. Mas sinceramente eu acho que o óleo vale a pena mesmo se não fizer milagre.

Só para se ter uma idéia, tirei foto do meu cabelo antes e depois de passar o óleo nos fios secos:

Antes espigado e depois um pouco mais domado :D

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Cabelo: Produtos Veganos Favoritos


1) Shikai - Shampoo Color Reflect Platinum
: É um shampoo roxo de uso diário indicado para cabelos loiros e brancos. Evita que a cor fique amarelada/alaranjada. Não faz uma mudança brusca, como a violeta genciana e esses shampoos roxos mais potentes, mas dá uma hidratada e protege a cor. Preço: $6.91 dólares no iherb.com

2) Phytoervas - Condicionador Super Restauração SOS: Tenho usado diariamente e percebi que ele tem hidratado muito meu cabelo, que é danificado. O cheiro lembra maracujá e é gostosinho. Recomendo demais. Preço: R$7,00 a R$15,00

3) Phytoervas - Shampoo Cabelos Claros e com Mechas
: Deixa um brilho muito bonito e natural no meu cabelo e até percebo que dá uma clareada de leve. Tem cheirinho de camomila. Não dispensa o shampoo roxo para tirar o amarelado. R$7 a R$15,00.

4) Intea - Clareador de Camomila: Clareia bastante com o uso contínuo. Tem um cheiro bem forte de camomila e dá uma ressecada de leve. Tenho usado na raiz para disfarçar a falta de retoque das luzes e estou satisfeita com o resultado! Já falei dele aqui.

5) Alterna - Hemp Thickening Compound
: Produto orgânico para levantar a raiz e evitar que o cabelo fique colado na cara. Dá volume e não deixa o cabelo oleoso, nem pesado! É bem levinho, além de proteger a cor e contra secador e chapinha. Um pouquinho já é suficiente e rende bastante. Toda a linha Hemp e a linha Bamboo da Alterna são veganas. Comprei no ebay por volta de $9 dólares.

6) Giovanni - Shampoo Platinum ColorFlage: Shampoo roxo potente para tirar o amarelado de cabelos loiros. Realça as mechas loiras mais claras e evita que a cor desbote. Tenho usado 1-2 vezes por semana e estou gostando muito do resultado! Até agora amei tudo que usei da marca. Custa $6.46 no iherb.com e vende também no veganessentials.com

7) Multivegetal - Condicionador para Cabelos Claros
: Tem uma textura meio amanteigada e faz o cabelo "derreter". É um condicionador bem potente e tem cheirinho de produto natureba, bem gostosinho. Infelizmente não gostei do shampoo da marca. Já tentei o shampoo de Aloe e também não curti, parece que desbota a cor e resseca excessivamente. Custa em torno de R$20,00.

8) Vizcaya - Máscara Botanique: A máscara contém proteína vegetal 3D, que cria uma rede tridimensional que libera o ativo principal gradativamente, dando maior força aos fios. Ela é indicada para cabelos fragilizados, e deve ser usada uma vez por semana, deixando agir nos cabelos por um minuto. Essa é a máscara com melhor custo benefício. Deixa o cabelo mega macio e hidratado. E o fato de agir rapidamente é o que eu mais gosto. Não tenho muita paciência pra deixar o produto agir de 20 a 30 minutos. Toda a linha Botanique da Vizcaya é vegana. Custa entre R$18 a R$25,00.

9) Giovanni - Nutrafix Hair Reconstrutor: Reconstutor para cabelos detonados por química e por secador e chapinha. Esse reconstrutor é excelente, deixa o cabelo com vida, hidratado e cuidado. Devolve maciez para cabelos "espigados". Custa $6 dólares no iherb.com

10) Cless - Charming Gloss Spray: Dá um brilho instantâneo e tem um cheirinho maravilhoso. Tira um pouco o frizz e dá uma assentada no cabelo, deixa mais liso. Diz que tem proteção térmica, mas não senti firmeza. Tem que passar longe da raiz, porque pode aumentar a oleosidade. Custa em torno de R$13,00.

11) Surya - Serum Reparador de Pontas: Não deixa o cabelo oleoso e as pontas ficam mais macias e sedosas. Além disso, sinto que o cabelo fica com menos frizz. 2 gotinhas é o suficiente. Custa em torno de R$12,00.